Notícias

IV SEMINÁRIO DA AGRICULTURA FAMILIAR É REALIZADO EM JANAÚBA

Reconhecer e valorizar o agricultor familiar do município de Janaúba, bem como gerar emprego e renda no campo, foram os objetivos do IV Seminário da Agricultura Familiar, que aconteceu na manhã de ontem (28). A quadra da Escola Estadual José Gorutuba recebeu autoridades, empreendedores e agricultores do município, em um evento promovido pela Prefeitura Municipal de Janaúba, por meio da Secretaria de Agronegócios e Desenvolvimento Sustentável, e em parceria com a Casa do Empreendedor, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (EMATER-MG).

O seminário contou com a presença do prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes; do secretário municipal de Agronegócios e Desenvolvimento Sustentável, Zacarias Pereira Nascimento; do analista técnico do SEBRAE-MG, Jadilson Borges e do presidente da Câmara Municipal, o vereador Adauri Cordeiro, entre outras lideranças.

Na abertura do evento, Carlos Isaildon destacou que a atual gestão tem buscado resolver todas as necessidades dos agricultores familiares do município, dentro da limitação de recursos da administração. “É fundamental que o Município firme parcerias com entidades, como a EMATER e o SEBRAE, para que os desafios sejam superados e sejam fomentadas as políticas públicas para a agricultura familiar”, disse.

O Secretário de Agronegócios e Desenvolvimento Sustentável, Zacarias Pereira Nascimento, pontuou o cumprimento de Janaúba à Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que determina a utilização de no mínimo 30% do valor repassado a estados, municípios e Distrito Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar. No caso de Janaúba, 57% desse valor foi destinado aos agricultores familiares. A ideia é que, futuramente, esse percentual seja ainda maior. O secretário explicou, também, a importância do Marco Regulatório de Organização da Sociedade Civil, regulamentado pelo decreto municipal nº 81/2017, que institui parcerias entre o poder público e as organizações da sociedade civil, como associações e cooperativas.

O público ainda assistiu a uma palestra, ministrada pelo engenheiro agrônomo, especialista em gestão ambiental e proprietário da Planejjar Consultoria e Projetos Agropecuários, Herlys de Araújo. O assunto foi o uso eficiente da água na agricultura. Ao final, os convidados visitaram stands instalados no local, com produtos oriundos da agricultura familiar.


 


Texto e Fotos: Rafael Teixeira