COMEÇOU A CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO! || Prefeitura Municipal de Janaúba

Notícias

COMEÇOU A CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO!

A Secretaria Municipal de Saúde de Janaúba, através do Núcleo de Vigilância em Saúde (NUVISA)/Imunização, iniciou, nesta segunda-feira, 07 de outubro, a Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo. A vacina está disponível nas 12 unidades básicas de Saúde (UBS) do município.

De acordo orientação da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES/MG) e do Ministério da Saúde, a vacinação será seletiva, ou seja, serão imunizadas pessoas que não tiverem as duas doses da vacina tríplice viral,
registradas no cartão vacinal.

Neste ano a campanha foi dividida em duas etapas:

PRIMEIRA ETAPA

No período de 07/10 a 25/10, será realizada a vacinação das crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas. O dia D, de mobilização nacional, será 19/10.

A priorização deste grupo na primeira etapa deve-se à elevada incidência da doença nesta faixa etária, nos surtos registrados em 2019. As crianças menores de 5 anos de idade apresentam maior risco de desenvolver complicações, tais como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo.

Nesta campanha, os pais e responsáveis são atores sociais importantes no processo de controle dessa doença e devem comparecer aos serviços de vacinação com suas crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro.

SEGUNDA ETAPA

No período de 18/11 a 30/11, será realizada a vacinação de adultos jovens na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. O dia D, de mobilização nacional, será 30/11. Nesta etapa priorizou-se o grupo de 20 a 29 anos de idade devido ao número de casos confirmados nessa faixa etária ser expressivo.

SOBRE A DOENÇA

O Sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, particularmente em crianças desnutridas e menores de cinco anos de idade.

A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após.